Ecommerce volta-se para a main street

O crescimento das vendas online deverão abrandar nos próximos 4 anos e - como qualquer outro comerciante - as marcas "puramente" online procuram novas formas de complementar as suas vendas.